Diagnóstico e Consultoria de Marketing

Do Marketing Tradicional para o Marketing Digital

O marketing mudou para sempre. Já há até um termo que o define: Marketing 4.0.

Estar antenado a estas mudanças e começar a reavaliar o marketing de sua empresa já é uma necessidade.

Este tema é o que trata o livro de Philip Kotler – Marketing 4.0 – que ajudará os profissionais de marketing e os gestores a navegarem em mundo cada vez mais conectado.

Os clientes têm cada vez menos tempo para dar atenção às marcas.

E cada vez mais, na jornada de compra, são cercados por muitas alternativas.

O que fazer então?

A empresa precisa entender os clientes, obter sua atenção e entregar as mensagens que eles querem ouvir.

Este livro examina como os marketplaces estão alterando a dinâmica dos mercados.

Os paradoxos da conectividade e a fragmentação que está ocorrendo e que irá moldar o consumidor de amanhã.

O Marketing 4.0 avalia a mudança de comportamento do consumidor e direciona as empresas a alcançarem mais clientes e engajá-los mais eficazmente.

Dessa vez, não é um novo movimento de marketing: os profissionais dessa área sabem que dessa vez é muito diferente. Não são só técnicas que mudaram, mas o próprio consumidor.

O Marketing 4.0 fornecerá uma base sólida para as empresas obterem uma visão atual e futura do consumidor, de forma, a estarem preparadas nessa jornada.

Como as Consultorias e Áreas de Marketing Estão se Atualizando?

Parece que há um muro da China que dividem as Consultorias de Marketing Tradicional e Marketing Digital, ou mesmo dentro das empresas, onde é muito comum a estrutura de marketing tradicional e outra para digital.

Na época do “content marketing”, com inúmeros e-books disponíveis na internet para download, vemos muitos artigos com comparações entre marketing tradicional e marketing digital.

Muitos desses comparativos são simplesmente surreais, claramente elaborados por profissionais da nova era que nunca lidaram com o marketing tradicional.

Simultaneamente, os consultores de gestão, parecem que atuam com uma metodologia que não contempla as mudanças do mercado e do comportamento do consumidor.

Na realidade o marketing é mais efetivo, quando acompanha o consumidor em sua jornada de compra: seja online ou offline, mas preferencialmente omnichannel.

Ou seja, o consumidor pode fazer seu pedido online e buscar suas compras através de um drive-thru ou na loja.

Ou ainda conhecer o produto em lançamento em um quiosque e fazer seu pedido online, e inúmeras outras formas para facilitar ao máximo a vida desse consumidor altamente conectado.

Difícil amarrar todas as pontas? Sem dúvida, porque a maioria das empresas ainda não está com seus processos atuais funcionando 100%.

Quando é necessário incorporar novos canais de vendas, novos canais de comunicação, várias ferramentas ainda em evolução, profissionais com diferentes perfis – é aí que o “nó está feito”.

Com todas essas mudanças, a empresa acaba concertando o avião enquanto voa.

E Como os Profissionais de Marketing Estão se Atualizando?

Muitas empresas estão estruturando suas áreas de marketing, dividindo o marketing tradicional (mídia tradicional como TV, rádio, jornal; trade marketing, entre outras ações) do marketing digital, onde uma área nem sempre combina o jogo com a outra.

O consumidor nesse caso, pode ser impactado com mensagens e ofertas sobrepostas e/ou diferentes, tornando difícil a análise do ROI das campanhas, bem como, deixando de aproveitar o investimento da marca de forma consistente.

Por isso é fundamental a integração das ações que “tocam o consumidor”, acompanhando toda sua jornada – desde o conhecimento, engajamento e difusão da marca.

O conhecimento necessário do profissional de marketing se ampliou tanto, que hoje ele necessita se aprofundar em uma determinada especialização.

Tornam-se e cada vez mais raros, os profissionais com conhecimento teórico e prático do marketing integral.

Uma das poucas especialistas do mercado brasileiro que posso citar é a consultora Lucia de Almeida Schröter, do MarketingBiz (www.marketingbiz.com.br).

O marketing é a chave para o crescimento sustentável das empresas. Não é aquele instrumento “PS” (pronto-socorro) que se recorre quando há problemas nas vendas. É um trabalho a médio-longo prazo.

 

Conheça também: especialista fala sobre omnichannel em varejo.